Tag: Sharkboy

 

Robert Rodriguez, o diretor e escritor de filmes que marcaram a geração de crianças nos anos 2000, voltou a brilhar na categoria infantil em dezembro do ano passado, após a estreia do filme ‘’Pequenos Grandes Heróis’’, originalmente de ‘’We Can Be Heroes’’. O filme trouxe crianças com habilidades e poderes heroicos, onde eles são filhos de super-heróis de filmes como: Spy Kids (Pequenos Espiões) e ‘’As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl’’. O diretor contou ao site Decider, em janeiro deste ano, que o filme é voltado ao público infantil com referências a acontecimentos presentes, ou seja, ele escreveu a história baseando-se em antigos personagens mas colocando os mesmos em uma nova geração. Ele relatou que o filme não é uma sequência de seus filmes passados já citados logo acima, ele apenas usou de personagens já conhecidos para destacar e definir ainda mais os poderes de seus respectivos filhos no filme.

Como já se sabe, Taylor Lautner, deu vida ao personagem icônico de Sharkboy no filme ‘’As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl’’ junto a atriz Taylor Dooley, que deu vida à personagem Lavagirl, no ano de 2005. O filme fez muito sucesso na época e marcou a geração dos anos 2000, e embora passaram-se quinze anos de existência, o filme continua conquistando corações de crianças, além de continuar sendo muito amado pelo público adulto que tomou o amor a história ainda na infância. Após a confirmação da substituição de Taylor Lautner como o Sharkboy no filme Pequenos Grandes Heróis (We Can Be Heroes), a internet se revoltou e causou assuntos em trends mundiais com inúmeros julgamentos e perguntas. Ainda houveram aqueles que culparam o próprio Taylor por tomar a decisão de rejeitar o papel do personagem. Basicamente a internet foi divida entre pessoas que concordavam com a substituição e aqueles que não compreenderam corretamente.

Após ser questionado pelo site Decider, Rodriguez, esclareceu que a substituição de Taylor Lautner foi proposital e a decisão não partiu apenas dele. Segundo o próprio diretor, ele chegou a comunicar Taylor Lautner sobre o papel, já avisando o mesmo que não compensaria que ele aceitasse dar vida ao personagem Sharkboy de forma adulta, pois ele não teria falas e seriam pouquíssimas cenas. Ele ainda destaca que Taylor Lautner é um ator muito talentoso com uma fama brilhante demais para aceitar um papel sem falas e com poucas cenas. Em nenhum momento Rodriguez diz que Taylor Lautner recusou o papel, já que ele mesmo propôs para que ele não aceitasse voltar a dar vida ao Sharkboy.

 


 

Quando o trailer do filme foi lançado, muitos fãs estavam se perguntando o que aconteceu com Taylor Lautner como Sharkboy. Portanto, tenho que perguntar: Houve uma tentativa de trazê-lo de volta?

O que eu posso dizer é que não é uma sequência daquele filme. É apenas um filme original da Netflix. Eu perguntei à Taylor Dooley (Lavagirl), se ela poderia fazer uma participaçãozinha. Não era sobre os personagens e não teria muito diálogo. Só tinha um pouquinho dela e a conexão com a filha dela, e então, ela já se preparou para voltar com seus cabelos pintados. Mas eu liguei para o Taylor, para apenas que ele soubesse: ‘’Não há diálogos, não é sobre os pais, não é uma sequência do filme e você terá seu rosto coberto o tempo todo.’’ Eu queria que ele se parecesse com o Batman, mas não havia um papel grande o suficiente para isso acontecer. Então eu disse a ele que estava tudo bem se ele não pudesse voltar, já que não compensaria. Ele (Taylor), se tornou uma grande estrela depois de Crepúsculo, ele teria um grande destaque. Você poderia imaginar se ele tivesse no filme, e as pessoas vissem e pensassem: ‘’Espere! O seu rosto fica coberto o tempo todo! Ei, ele não tem diálogo nenhum!’’ Com certeza seria um demérito contra ele, e eu não gostaria disso. O filme não foi para usar os atores e sim os personagens. Talvez, se o filme for realmente bem-sucedido e existir mais cenas, com certeza valerá o tempo dele. Mas como este foi, não foi um grande papel. Vocês podem ver.

Robert Rodriguez ao site Decider, janeiro de 2021.

 

 


 

Em nítidas palavras, o diretor não convidou Taylor para participar do filme, por motivos justos ao grande talento e reconhecimento de seus valores como o grande ator que Taylor Lautner é. Praticamente ele teria enterrado sua própria carreira tendo uma participação tão curta e sem falas. Além disso, os atores ganham seus salários por quantidades de cenas e falas. Este foi o único motivo para a substituição. No ano de 2016, quando questionado por um paparazzi, Taylor confirmou que voltaria dar vida ao personagem Sharkboy se uma sequência do filme acontecesse, assim como ele também confirmou em diversas entrevistas que estará sempre a disposição para voltar como Jacob Black, caso exista mais filmes da Saga Crepúsculo no futuro. Taylor jamais se negaria a voltar em sequências de seus filmes a não ser que exista sérias razões. Apesar de estar há quatro anos sem gravar filmes, ele deve se preocupar com sua carreira e não aceitar qualquer tipo de papel, pois uma breve participação mal planejada, pode ser prejudicial a sua carreira e popularidade para sempre.

 

 

Fonte: Decider

No último dia 23 de Julho, aconteceu o evento de forma virtual, Comic Con, onde existiu um painel com o diretor do filme ”As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl”, Robert Rodriguez. Durante o painel online, o diretor confirmou que está produzindo um filme que tem o nome de ”We Can Be Heroes”, que será uma espécie de ”Vingadores”, só que com os filhos de todos os super-heróis do cinema. Além da confirmação do filme, o mesmo confirmou que terá também a volta de Sharkboy e Lavagirl, inclusive, com os atores originais. Ele não comentou sobre Taylor Lautner, mas confirmou Taylor Dooley (Lavagirl), e ainda garantiu que serão interpretados pelos atores originais.

”Sharkboy e Lavagirl aparecem como pais de super-heróis que agora têm uma filha com poderes de tubarão e lava”, contou o diretor Rodriguez ao site Collider. E  depois acrescentou:“O único papel de fala é para Lavagirl.”

Também foi dito que as filmagens começaram a serem gravadas no Texas, porém, tiveram que pausar por conta da pandemia, e ainda há negociações com atores a serem feitas. O filme contará com um enorme elenco e entre eles está a atriz Priyanka Chopra e Pedro Pascal. Na página oficial do IMDb já foi publicado a lista do elenco, sinopse do filme e algumas fotos das gravações. We Can Be Heroes não tem uma data oficial de estreia, e durante a Comic Con, o diretor afirmou que ainda estaria em negociações com os atores para suas respectivas voltas. Até a data desta postagem, ainda não foi confirmado ou negado a participação de Taylor Lautner no filme, mesmo o nome dele não estando na lista do elenco na página oficial do filme no IMDb.

O IMPACTO NA INTERNET

Logo após a confirmação do filme We Can Be Heroes, com as respectivas voltas de Sharkboy e Lavagirl, a internet foi a loucura! Sites começaram a divulgar a notícia com a afirmação da volta de Taylor Lautner. Porém, outros foram mais sensatos e publicaram que ainda não havia respostas da volta do mesmo. No Twitter, fãs exigiram a volta de Taylor Lautner como o Sharkboy em diversos tweets, alguns mencionaram a Netflix e até mesmo a conta oficial de Robert Rodriguez. Isso causou um grande impacto, pois o nome ”Taylor Lautner” e ”Sharkboy”, ficou em primeiro lugar trends topics do Twitter, despertando a atenção de outros sites que incluíram a exigência dos fãs com a volta dele.

TAYLOR LAUTNER SE NEGARIA A REVIVER SHARKBOY?

Taylor Lautner sempre foi o tipo de pessoa que se orgulha de tudo que fez na vida, mesmo que ele já tenha atingido o ápice de Hollywood e agora está apenas vivendo em silencio e longe dos holofotes, ele nunca se recusaria a voltar a dar vida aos personagens que ele já fez. Tanto Jacob Black quanto Sharkboy, Taylor Lautner confirmou em diversas entrevistas que ele voltaria a interpretar tais personagens sem nenhum problema. Se de fato o mesmo realmente não voltar como o original Sharkboy na versão adulta, isso não foi algo que dependeu dele em si, mas sim da escolha do diretor. Ele pode não voltar neste filme por ter apenas espaço de fala para Lavagirl, mas pode voltar no próximo filme se o diretor colocar um espaço de fala só para Sharkboy. Nada é certo até o momento, Taylor Lautner é sempre uma caixinha de surpresas boas, não há como ter conclusões precipitadas sobre qualquer coisa que irá fazer, quando tudo está para acontecer, ele surge com as maneiras mais empolgantes de confirmar algo. Tanto o diretor quando o site oficial do iMDb, não comentaram nada sobre ter um substituto para Sharkboy, ou seja, não terá outro ator dando vida ao personagem, pelo menos não até neste momento.

 

UMA GOTA DE ESPERANÇA:

créditos da arte: @ryansmallman

O site nerd ”Omelete”, gravou um vídeo explicando sobre a volta de Sharkboy e Lavagirl no filme We Can Be Heroes, um dia após a confirmação do diretor. No vídeo eles afirmam Taylor Lautner no elenco, mesmo tendo conhecimento da ficha do filme no IMDb. Apesar de todo os sacarmos ofensivos que os apresentadores do Omelete usou para comentar sobre Taylor Lautner, eles estavam muito animados e até lançaram um fan art de Taylor Lautner e Taylor Dooley como Sharkboy e Lavagirl já adultos. Obviamente, os fãs foram a loucura, de imediato repostaram a art em suas fanpages no Instagram e marcaram Taylor Lautner nas postagens e stories. Com grande surgimento de esperança, Taylor Lautner visualizou três stories de fãs que publicaram e marcaram ele na arte. O mesmo ainda não se manifestou, mas para os fãs, este simples view nos stories significou algo positivo, sendo assim, mesmo que isso não signifique o retorno e sim uma forma de mostrar que ele está ciente de todo apoio que tem recebido.

View no Instagram de @allfortaylorlautner

 

TAYLOR LAUTNER CONFIRMANDO QUE VOLTARIA A SER SHARKBOY (2016):

 

 

FÃ-ARTE SHARBOY E LAVAGIRL ADULTOS:

créditos da arte: @ryansmallman

 DIRETOR ROBERT RODRIGUEZ CONFIRMANDO A VOLTA DE SHARKBOY E LAVAGIRL: